26
Fev 08

Deixo-vos isto sem mais, que eu tenho de me ir refazer do choque.

 

"Há um outro tipo, mais comum do que se pensa, que é aquele que foi denunciado pelo irmão, normalmente a uma mesa de jantar. Penso que as pessoas sem irmãos não sabem verdadeiramente o que é viver num permanente estado de perigo de todo o tipo de denúncias, contendo ou não verdade, a que uma pessoa está sujeita durante a infância e adolescência. Do equilíbrio instável que é necessário gerir alternando entre a informação preciosa, a ameaça e a diplomacia. No fundo, acho que os filhos únicos não conhecem o cinismo."

publicado por ag às 22:27

2 comentários:
Nem um linquezinho, o que prova que sempre tenho razão...

ainda me lembrei disto:

http://triciclofeliz.livejournal.com/131410.html
o dito a 28 de Fevereiro de 2008 às 10:46

Não linquei porque achei que tinha vergonha. E se não tem, devia ter, é o que lhe digo.
ag a 28 de Fevereiro de 2008 às 20:50

pesquisar neste blog