31
Jul 08

A chamada casca do queijo sempre foi, para mim, a melhor parte do queijo. E, no meu pequeno mundo, era assim para toda a gente. Todos escolhiam uma parte do queijo em que a casca fosse maximizada e comiam primeiro o centro, depois a casca.

 

Mas não. Não é assim.

 

Lembro-me do choque que senti quando ouvi alguém dizer, assim, sem mais nem menos, que não gostava da casca. Como não gostava da casca? Argumentei, que há coisas em que não nos podemos ficar, mas obtive um esgar de desdém como se estivesse a pedir-lhe para comer a casca da banana. É um estranho mundo, este.

publicado por ag às 00:30

pesquisar neste blog