10
Nov 08

Este Luís Franco Bastos pode, em querendo, tornar-se muito irritante. Imagino-o atrás da irmã (isto são traumas meus que eu já estou para aqui a misturar) a repetir o que ela diz mas, não contente, em vez de usar a sua voz, o seu timbre, não, usa a voz dela. E a telefonar para os pais e a dizer coisas como se fosse ela e assim.

 

Muito cuidado com estes super-poderes. Isto nas mãos erradas e nem sei.

 

 

publicado por ag às 08:37

comentário:
Obrigado pelo em querendo.
Ressio a 10 de Novembro de 2008 às 21:41

pesquisar neste blog