16
Ago 09

Uma agência de marketing norte-americana desenvolveu um estudo de análise às mensagens do Twitter e revelou que a maioria das mensagens escritas pelos utilizadores é sobre «nada». (...)

 

Já no fundo da tabela das razões que levam alguém a escrever no Twitter estão as notícias, resultado que surpreendeu os autores do estudo.

 

É a vergonha. Quem escreve no Twitter escreve sobre nada em vez de se dedicar a causas nobres e maiores estilo notícias e coisas assim, importantes. É uma gente, essa. É que até surpreenderam os srs. da pear que são pessoas que estudam, atenção, não estamos a falar aqui do zé povinho que resolveu mandar os bitaites como eu vejo muito por aí, não, isto são pessoas que estudam, analisam, investigam. São meninos para estudar sobre coisas de manhã à noite e depois quando descansam vão escrever coisas sobre as notícias que leram. Nos (poucos) intervalos entre os estudos. Porque na maior parte do tempo estudam, sim, estudam, ou achavam que estes resultados aparecem do céu como a chuvinha do Inverno? Trabalho e mais trabalho. Há um intervalinho? Então vão ao Twitter escrever sobre as notícias. Em havendo, porque em não havendo seguem felizes estudando. Há ali uma diferença fundamental sobre quem escreve sobre nada e quem escreve sobre notícias. Tipo eu. Isto é sobre uma notícia. É digno. Não é como quem escreve sobre nada. Ou como uns e outros que escrevem sobre quem escreve sobre nada.

 

E agora vou descansar que a piscina não mata mais mói.

publicado por ag às 20:44

pesquisar neste blog